Aprender outro idioma ou emagrecer, eis a questão

“E o tal do inglês fluente?” 

Gostei do artigo do Fabiano Caxito, no Linkedin, e fiquei pensando bastante no assunto – vale mesmo a pena aprender outro idioma? É importante ter na sua Empresa alguém que fala outro idioma?

O post do Fabiano era focado no “como” aprender, especialmente a baixo custo ou gratuito – e trouxe muitas excelentes sugestões, vale a pena dar uma olhada! Por outro lado, acredito que a questão principal não seja “como” (o artigo do Fabiano e os comentários contêm muitos meios ótimos), mas “por quê” e “para quê”.

Como escreveu o Arthur Bloch (“A Lei de Murphy – Segunda Parte”), “até água tem gosto ruim quando tomada por ordem médica”. E na maioria dos casos, desde a escola básica o idioma é “obrigação” – se não aprender não passa, não aproveita a viagem, não entende o manual, não consegue um emprego melhor… É por isso que você precisa (não necessariamente “quer”) aprender?

Aprender idioma é para qualquer um?

Dizem – com razão – que o cérebro é como um músculo. Daí se podem extrair alguns “corolários”:

Quanto mais usar, melhor – estudar outro idioma pode até ajudar a retardar a degeneração mental (Alzheimer, etc). Mas não pode sobrecarregar – descanso, diversão e outros interesses também precisam ter o seu lugar.

Todo mundo pode fazer “de” tudo, mas ninguém é o melhor “em” tudo. Alguns são campeões de levantamento de peso, outros vencem a maratona, e Usain Bolt é “o cara” dos 100m. Alguns são como a Mônica (“falava alemão”), enquanto outros são mais como o Eduardo (“ainda nas aulinhas de inglês”).

Mesmo assim, qualquer um pode aprender outro idioma. Até que ponto? Bem… é como emagrecer: Você pode fazer uma dieta de uma semana, emagrecer 25 quilos (se sobreviver…) e engordar tudo de volta na semana seguinte. O certo, porém, é alterar o estilo de vida – estabelecer uma rotina que permita um progresso constante, mesmo que a ritmo mais “lento”.

Além do artigo do Fabiano, veja algumas sugestões no nosso blog, para incrementar seu aprendizado de outro idioma: NÃO VÁ PRA TÓQUIO – NEM ESTUDE INGLÊS… QUER MESMO APRENDER?

E se a Empresa não precisa de outro idioma?

Se você só vende no Brasil, qual a vantagem de contratar – ou incentivar – funcionários que tenham interesse em aprender outro idioma? Veja abaixo algumas vantagens:

  • São pessoas esforçadas – aprender outro idioma não é fácil. Provavelmente terão dedicação também para suas tarefas na Empresa;
  • As habilidades sociais – facilidade de comunicação, mente aberta, multicultural – ajudarão no relacionamento com colegas, chefes, clientes;
  • Provavelmente não são do tipo “não sou pago para isso” – estarão sempre interessados em melhorar o próprio trabalho, “apostando” num reconhecimento/recompensa. Mas cuidado: Se você não recompensar, o concorrente…!

Só para recapitular – veja alguns benefícios:

A questão não é o idioma

O importante é continuar aprendendo – sempre! Assim como na dieta, você não precisa comer só uma coisa – e também no aprendizado há opções “saudáveis” e “deliciosas”. Monte um “menu” de assuntos que você quer aprender, e não espere até segunda-feira – comece hoje, e não pare!

Na Trilia defendemos essa ideia – “Cresça – Sempre!”. Por isso criamos cursos e eventos em várias áreas, para o benefício de quem não quer apenas um título, mas deseja crescer – pessoal e profissionalmente.

Acompanhe nossos artigos

Responda nossa pesquisa e concorra a cursos gratuitos!

Visite nossa páginae inscreva-se – estamos sempre preparando novidades!

Curta nossa página no Facebook, para receber os artigos que publicamos semanalmente no blog.

Conheça nosso canal no YouTube e veja o que já estamos fazendo.

Um abraço,

Ricardo Monteiro – equipe Trilia

 

 

contribua com um comentário

Que tal um belo desconto nos cursos da trilia?
Responda o formulário

Workshop de Angular

Receba mais informações e participe deste evento!
ENVIAR
close-link